Casal Netflix, Casal Festeiro, Casal Gourmet... Ah, são tantos os perfis que se encontram e compartilham vivências e amor! Por isso, pedimos ao nosso autor preferido, Ariel Fedrizzi, que criasse poemas que descrevessem alguns dos tantos tipos de casais que existem. Cada poema estará presente em sua respectiva Cesta de Dia dos Namorados Rocca Di Vino, disponível para entrega em Caxias do Sul - RS. Acompanhe em nossas redes!

Leia os poemas abaixo e compartilhe com o seu amor aquele que vocês mais se encaixam! 


Confira também os combos exclusivos que preparamos para o seu Dia dos Namorados ficar ainda mais gostoso! Disponível para todo o território nacional.


CASAL NETFLIX:

Faça chuva ou faça sol,

O tempo está sempre bom

Em nosso próprio aconchego.

Com algumas guloseimas,

Boa companhia

E muito amor,

Sabemos que moramos

Nos braços

Um do outro,

E que os filmes

Que assistimos juntos

Não são, de perto,

Tão bonitos

Quanto o fato de que

Os estamos assistindo

Com a pessoa certa.


CASAL BOTECO:

Se a cerveja é

Um dos prazeres da vida,

Bebê-la junto de quem nos

Faz feliz

Pode ser a definição

De felicidade.

Embalados pela companhia

De nosso amor,

O próprio sabor experimentado

Ganha novas proporções.

Talvez quem não viva um romance

Com tanta parceria quanto nós

Não nos entenda.

Mas está tudo bem,

Temos um ao outro

Na boemia caseira.


CASAL FESTEIRO:

Por que acham que,

Uma vez namorados,

Vamos nos deixar levar

Para longe da pista?

Pelo contrário:

O espírito jovem que nos uniu

E cativou

Permanece vivo,

E o fogo que nos colocou

Em contato

Um com o outro

Segue aceso na dança.

Diante de olhares admirados

Com a nossa destreza juvenil,

Nós mostramos ao mundo

Que somos parceiros de

Coreografia.


CASAL ANFITRIÃO GOURMET:

Talvez a melhor forma de

Nos descrever

Seja como um cálice de vinho

Em complemento

A uma refeição.

Quando estamos na cozinha,

Complementamos um ao outro:

Nossos pensamentos se encontram

Em sintonia,

E em sincronia,

Nossas mãos preparam pratos

Saborosos demais para

Não degustarmos

Com nossos amigos.

Recebê-los em casa

E relembrar os momentos vividos

É nosso maior prazer;

E ter um ao outro para contar,

Às gargalhadas,

Boas histórias,

É o que nos faz

O casal perfeito:

Harmonizamos como ninguém mais.


CASAL AVENTUREIRO:

O que é o amor senão parceria

E boas histórias vividas?

Não há trilha ou cascata,

Praia, deserto ou nevasca

Que não sonhemos explorar.

O mundo inteiro é pequeno

Quando temos um bom companheiro

Para sonhar.

Como todo bom casal

Que se permitiu

Vivenciar mais aventuras

Que o convencional,

Temos boas memórias.

Temos bons amigos encontrados

Em nossas viagens,

Bons apuros,

Bons segredos...

Mas temos, sobretudo,

O combustível necessário

Para querer descobrir mais.


CASAL FITNESS:

Nosso relacionamento é impulsionado

Pelo fato

De que queremos crescer juntos.

Mesmo nas horas complicadas,

Motivamos um ao outro,

E seguimos caminhando juntos,

Com muita disciplina,

Rumo à melhor versão de nós.

O que é, afinal,

Parceria sem comprometimento,

Companhia sem pertencimento

E uma equipe sem união?

Temos nossas metas em comum

E todo o amor necessário

Para alcançá-las.


CASAL "OPOSTOS SE ATRAEM":

Já não diziam que os opostos

Se atraem?

Pois bem: estamos de prova!

Quem são Eduardo e Mônica

Perto da

Improbabilidade que tínhamos

De fazer dar certo?

A graça do amor está em

Nos mostrar que

Há tanta beleza em outros pontos de vista.

Aprendemos muita coisa

Um com o outro,

E se, hoje, podemos dizer que

Descobrimos tanto

Até mesmo sobre nós,

Quem dirá pensar

Sobre toda a novidade

Trazida aos nossos mundos

Pela chegada do outro?

Engrandecemos nossos horizontes.


CASAL CULT:

"Amor é fogo

Que arde sem se ver",

Já dizia Camões.

Nosso amor é poético e literato,

É cinéfilo como as grandes obras

Da Sétima Arte.

Amamos esculturalmente,

Conversamos sobre as grandes nuances

Do sentir.

Amor é admiração, sobretudo.

Admiramos um ao outro

Porque sabemos que temos,

Ali,

Uma alma inteligente.

Assim, nos entregamos à sabedoria

De compartilhar.


CASAL APIMENTADO:

Quanto mais quente, melhor...

E nós sabemos disto!

Nosso relacionamento é,

Na verdade,

Uma relação de cumplicidade.

Conhecemos vontades, desejos,

Segredos.

Conhecemos fantasia e realidade,

E sabemos que elas,

Muitas vezes,

Caminham mais perto do que

Pode parecer.

Basta um sorriso, basta um olhar

Para que nos entendamos.

Que todos os outros não compreendam

O fogo da nossa paixão,

Eu lamento;

Mas sei que nós dois,

Despidos de pudores,

Alcançamos e tornamos a alcançar

O infinito...

E como ele é bonito!


CASAL GULOSEIMA:

Café da manhã na cama?

É detalhe para os nossos programas.

Gostamos de compartilhar lanchinhos,

Presentear o paladar

Com novos sabores.

Quando nos permitimos passar

Deliciosos momentos

Desfrutando da companhia do outro,

Sentimos como se tudo

Fizesse sentido;

Afinal, estamos nos braços

De nosso

Alguém especial,

E dividir a experiência de

Experimentar

O doce e o salgado,

O picante, o amargo,

É a maior bênção que há.


CASAL COMÉDIA:

Qual o maior segredo para

Um relacionamento duradouro

E uma alma juvenil?

A risada!

Nos divertimos tanto

Quando estamos juntos

Que não há situação

Que nos deixe cabisbaixos.

A graça é o remédio

Para a parceria e o júbilo,

E poder sorrir e gargalhar

Como se estivéssemos de volta

Ao começo de tudo

Faz com que sejamos o casal

Mais sábio de todos:

Aquele que não envelhece.


CASAL ROMÂNTICO:

Água com açúcar?

Que nada!

Preferimos chamar de

Carinho com amor.

Conquistamos um ao outro

Com o tempo,

Nos apaixonamos e

Permitimos estar com

Quem nos completa.

Sim, sim, sabemos que

Somos inteiros

Por nossa conta...

Não se trata disto.

Se trata de valorizar

A possibilidade de ter

Boa companhia,

Alguém que nos mostre

Que somos especiais,

Que divida risadas e empreitadas

Enquanto nos ensina

Que conexão de alma

É coisa única.


SOLTEIROS & AUTOAPAIXONADOS

Quando falam em

Estar solteiro,

Por que o tom normalmente

É de tristeza?

É preciso destreza e coragem

Para desfrutar de

Sua própria companhia.

A ida ao cinema,

A reunião com os amigos,

O jantar de fim de ano da família

São ressignificados.

O amor que vibra no peito,

De repente,

Tem destino: é de si

Para si mesmo,

E quando bate à nossa porta,

Bem...

Sabemos recebê-lo

De braços abertos

E com um grande sorriso

No rosto.

Porque estamos apaixonados.



E aí, se identificaram? Então compartilhe com os amigos! Só não esquece de colocar a autoria, tá bom?